13 de mar de 2013

Pensar e sonhar sem ter hora pra acabar

Uma tarde nublada cheia de músicas agradáveis viajando no sofá, tão longe.
Viajei pra uma tarde qualquer do ano passado, viajei pra ontem, viajei pra uma pessoa, um momento que há tempo não vivo, viajei pra daqui a dois anos, pro meu apartamento, pra música que estarei escutando...
Viajei pra minha vida.
Cada nota de música, cada rima que surge, uma viajem nova a explorar. Deixe-me sozinha com meus pensamentos, é o que exijo.
Só mais uma dança, eu suplico.
Só mais um cigarro, eu decido.
Só mais um beijo, eu obrigo.
Quem sabe só mais uma noite, é meu pedido.
Talvez perca meu habito de sonhar acordada, imagine, como será sem meus planos planejados, sem minhas lagrimas inventadas ou meus sorrisos que saem sem ser percebidos?
Não pare de girar, não pare de inventar, não pare de voar.
Não quero viver só na minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário